Nacional




Cooperativa no Rio Grande do Sul apresenta programas de incentivo ao produtor de leite

No dia 19/12/19, a Cooperativa Languiru reuniu associados em Teutônia/RS e em Venâncio Aires/RS e profissionais do Departamento Técnico da cooperativa para apresentar programas de incentivo ao produtor de leite. O destaque foi o Programa Mais Leite Entressafra 2020.

A produção de leite enfrenta oscilações constantes. Com o intuito de valorizar o empenho dos produtores de leite associados, a Cooperativa institui o Programa Mais Leite Entressafra 2020. Além de oferecer benefícios pelo incremento na produção, o programa ainda busca potencializar a capacidade instalada da Indústria de Laticínios da Languiru. “Pretendemos reduzir a queda de produção nos meses de entressafra, concedendo pagamento adicional para a evolução da média mensal do período”, resume o gerente de fomento do Setor de Leite do Departamento Técnico da Languiru, Mauro Aschebrock.

A Languiru quer valorizar a produção da entressafra e propõe um desafio para atenuar a queda da produção no próximo período (março, abril, maio e junho de 2020), na prática propõe que o volume equivalha a 80% da média do período da safra. Assim, o produtor que entregar volumes acima dos 80% da média produzida na safra receberá um bônus de R$ 0,30 para cada litro excedente.

Este benefício será pago em cota única de vale-compras nos Supermercados Languiru, lojas Agrocenter Languiru e Fábrica de Rações. Somente terá direito ao bônus o produtor que estiver entregando a sua produção de leite até a data do pagamento. Entretanto, o que importa é a média mensal de todo período. Se em algum mês a produção não registrar evolução, no próximo é possível recuperar. O foco está em reduzir a queda de produção no período de entressafra.

A Cooperativa está com projeto de construção de uma queijaria. A unidade será instalada ao lado da Indústria em Teutônia. Para atender à demanda de volume de produção, o presidente Dirceu Bayer, anuncia a necessidade de incremento da matéria-prima. “Precisamos produzir em torno de 100 mil litros de leite a mais por dia em 2020 para que possamos dar andamento ao projeto de queijaria da Languiru”, adianta.

A parceria indústria e produtores de leite é fundamental para o crescimento da atividade.

As informações são da Folha do Mate.

Envie seu(s) comentário(s)