Nacional




Ampliam o abaixo-assinado e a mobilização da sociedade civil contra o pedágio na BR 369

As tarifas abusivas do pedágio nas rodovias do Norte Pioneiro do Paraná encarecem o custo de produção, prejudicam as empresas, o desenvolvimento da região e a vida da população. Para piorar, as obras previstas nas concessões não estão sendo executadas, pondo em risco a vida das pessoas em acidentes de mortes.

O movimento, que teve início com a Mitra Diocesana de Cornélio Procópio, já mobilizou várias instituições ligadas ao Conselho de Desenvolvimento Econômico Procopense, dentre elas a Associação Comercial, o Rotary Clube, o Lions Clube e mais recentemente, a Diocese de Jacarezinho e o Conselho de Pastores das Igrejas Evangélicas.

O objetivo é exigir das autoridades:

1 - O cumprimento dos contrato à "Duplicação da BR 369 entre Jataizinho e Ourinhos".

2 - A revisão das tarifas abusivas do pedágio, especialmente nas praças de Jataizinho e Jacarezinho, lesivas à população e benéficas à Concessionária.

3 - A devida investigação das denúncias de corrupção envolvendo a Concessionária e o Governo.

Se você ainda não assinou o manifesto, procure uma dessas instituições. Sua participação é importante. E se sua instituição deseja participar do movimento, acesse: https://nortepioneiro.org.br/contatos

Envie seu(s) comentário(s)